quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Samuel Foi Pro Céu

 


Há alguns meses venho publicando na Amazon. Que maravilha é ter acesso a um ambiente sem frescura para auto publicação. E não qualquer plataforma: a maior loja de livros deste planeta, sem precisar lamber bolas de mandachuvas do moribundo mercado editorial. O mundo mudou; as formas de consumir conteúdo, idem: música, cinema, séries, livros, quadrinhos, pornografia etc. A internet veloz democratizou o acesso à informação e a espaços de uma maneira que, para mim, há alguns anos, seria inimaginável.

Quem me apresentou as vantagens da plataforma KDP - Kindle Direct Publishing foi o Fabiano Caldeira, o qual, aliás, é um escritor bem recepcionado no ambiente, especialmente entre os leitores de conteúdo erótico.

E agora estou lá na Amazon publicado meus livrinhos, sendo lido por alguns. E hoje publiquei novo conto: Samuel Foi Pro Céu, mais uma trama árida, num ambiente árido, 90% baseado em fatos reais e 10% pura imaginação. E é a pura imaginação, claro, que faz toda a diferença nas amarras das pontas que, no mundo real, ficam soltas.

O livro ficará gratuito durante quatro dias, de 25 a 28 deste mês. Para adquiri-lo, basta clicar em "comprar" por "R$ 0,00". Não há erro. Ele irá para sua conta da Amazon e, quando quiser lê-lo, só precisa do aplicativo Kindle (aliás, ótimo aplicativo). Também pode ler no computador, na própria página da Amazon. Mas eu, particularmente, prefiro ler no tablet ou num celular com quase 7" de tela (se o texto for curto). Para quem possui o e-reader Kindle, melhor ainda.

Enfim, fica a dica de leitura grátis: meu livro, neste link.

Aproveitei para incluir, gratuitamente, os demais livros, pelo mesmo período que o lançamento atual:

  1. A Balada do Boiadeiro (conto bacana)
  2. Bloom Mais Feliz (novela infantil)
  3. Uma História de Robôs (conto fraquinho)
  4. Invenção Noturna (poesia reunida)

Me diverti bastante escrevendo estes livretos e creio que a leitura vale realmente a pena. Tento ser criterioso com o que compensa ser publicado. Admito que o conto Uma História de Robôs é algo aquém do esperado (do esperado por mim, ao escrevê-lo), mas serve para mero entretenimento descompromissado. Já Invenção Noturna me custou anos de escrita e revisão, com resultado positivo em todos os aspectos.

Fico por aqui. Abraços e até a próxima.


15 comentários:

  1. Obrigado por mencionar meu nome. A Amazon é um divisor divisor de águas para minhas obras. Eu não seria nada sem a Amazon. Você tem um talento foda! Escrever dá trabalho, mas eu sei que, se você quiser de verdade, você ainda criará mais e mais contos, artigos, causos, prosas, poesias o que você preferir.
    Vou pegar tudo pra mim. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos tentando. Escrever ajuda a organizar as ideias! Vc praticamente já conquistou seu lugar ao sol como escritor. Agora é só ir colhendo mais frutos. Ainda chego lá!
      Abraços!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Confira por sua conta e risco!
      Abraços e valeu pela força!

      Excluir
    2. Samuel Foi Pro Céu - lido

      - achei bem legal, principalmente a parte de vc ter adotado uma postura de inclusão social ao colocar uma pessoa com deficiência como protagonista. isso foi muito bonito :)

      brincadeiras a parte, conto bem legal

      Excluir
    3. O deficiente na verdade se chama Inácio. Mudei para Márcio. Ainda ontem o vi indo para dentro de alguns roçados, pela manhã, apenas para cagar! Ele já cagou algumas vezes aqui atrás de um muro que construí.
      Samuel morreu há quase um mês. Inácio, obviamente, nada teve a ver com isso. Mas achei legal cruzar a vida dos dois dessa forma. Aliás, ambos eram realmente colegas.
      Grato que tenha gostado.
      Verifiquei erros de digitação que serão corridos. Após a correção, automaticamente quem baixou terá o conteúdo atualizado. Isso é maravilhoso!
      Abraços!

      Excluir
    4. "programinhas de edição de imagens." quais vc usa?

      Excluir
    5. Paint e PhotoScape. Só estes há uns dois anos...

      Excluir
  3. Ótimo conto, Neófito.

    Esse Marcio doido me lembra um maluco que mora numa família de doidos perto da minha vó, no Ceará.
    As vezes, tomamos bala de quem menos esperamos, Samuel aprendeu, infelizmente não houve uma segunda vez.

    Fico curioso sobre como funcionam essas publicações na Amazon. Eles conseguem imprimir, caso a pessoa queira o livro físico?
    Dá pra ganhar um trocado? pelo menos pra pagar um cafézinho? heheheheh ou é mais pelo orgulho de conseguir publicar?
    Você usa algum padrão de diagramação nas publicações?
    Poderia até fazer um post explicando como funciona pra deixar o livro belezinha pra publicação.

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, Matheus.

      Vamos lá. Há a opção de livro impresso, sim. Mas é um sistema que, francamente, não me parece valer a pena. Talvez sirva para grandes autores. Mas grandes autores não precisam desse formato. Então acho que, realmente, é algo meio "inútil". Ainda não fui atrás de saber como funcionaria realmente...

      Sim, a Amazon paga. Recebo menos de dez reais todos os meses. Autores muito lidos, como o Fabiano, certamente tiram mais do que o café. Mas te confesso que a alegria é ser lido, apenas isso. Por mim, ficariam todos de graça sempre, mas a Amazon só permite por cinco dias a cada três meses.

      Redijo tudo no libreoffice e salvo em doc. O importante é quebrar as páginas, quando quiser realmente alguma divisão, como no caso de textos mais longos, com capítulos etc. Em conto, deixa corrido mesmo. Não tem mistério. O leitor que, depois, usará a formatação que achar melhor, no Kindle físico ou no app para android e apple. Mas posso falar melhor disso num post, claro.

      As capas elaboro em programinhas de edição de imagens. Fácil. Sempre usando imagem sem direitos autorais, claro.

      O doidinho real é inofensivo. Ele às vezes limpa algum mato para mim. E até onde sei não matou ninguém. Na verdade, não sabemos que matou Samuel. Nem saberemos.

      Abraços!

      Excluir
    2. Uma vez indiquei ao Marreta que postasse seus textos lá. A mesma indicação vale para vc! E poste tudo separado, mesmo. Se tiver 200 contos, não os reúna. Poste de um em um. Uma capa para cada etc.

      Excluir
    3. Este mês consegui a proeza de chegar nos 90 reais. Não sei se será algo esporádico deste mês ou se farei isso daqui pra frente. Vai depender de outros fatores, como sempre. Uma pena não poder colar o print aqui, para provar. É pouco. Mas se pensarmos que redes como Facebook, Instagram e YouTube se alimentam diariamente de postagens gratuitas das pessoas e não devolvem nada para elas, olhando por esse lado, eu me sinto muito grato pelo que a Amazon faz. Deveria melhorar? Sim. Mas não reclamo. Estou satisfeito, pois minha média mensal vem sendo entre 40 a 50 reais. Este mês que veio esse aumento. Alguém andou me lendo fora do Brasil, segundo estatísticas. E os royalties de lá têm valores diferentes.
      O e-book com muitas páginas conta como uma obra genuína para os padrões físicos. Mas para postar no sistema da Amazon, tanto faz se a obra tem mil páginas ou 10. Aliás, é melhor postar 10 contos de 50 páginas do que um tijolo com 500. Porque o sistema vive de abastecimento. Quanto mais você posta, mais está abastecendo, então mais visível você fica. É a quantidade de postagens que importa, e não a quantidade de páginas. Tem pessoas que conseguem ganhar muito mais. Muito mais mesmo.

      Excluir
    4. muito bom cara
      continue publicando e terá uma boa renda mensal em pouco tempo
      meu sonho e o sonho de muita gente viver da escrita

      parabéns!

      Excluir
    5. Obrigado. Eu não sei se é possível. Eu não aconselho ninguém a ficar nisso, a não ser que tenha realmente tempo e não precise se preocupar com trabalho ou atenção à família. No caso, quando a pessoa tem uma força, uma vontade enorme de escrever e ser lido, ela vai e faz, mesmo com muita coisa para lidar no seu dia a dia. Se esse for você, então tudo bem. Seja bem-vindo.

      Excluir
    6. 90 contos! Vc teria q vender muitos livros impressos ao mês para receber isso, sobre a capa! Seu retorno foi excelente!

      Excluir

Comente ou bosteje.