quinta-feira, 26 de maio de 2022

Auschwitz mobile

A Polícia Rodoviária Federal inaugurou novo sistema de execução: uma câmara de gás portátil. Jogam o pobre coitado no camburão e tacam lá uma bomba de gás. Em pouco tempo, menos um indesejado no mundo. A inauguração do método ocorreu no Estado de Sergipe, quando, ao abordarem um homem com problemas mentais, testaram o sistema na rua mesmo. De acordo com a nota oficial da instituição, "foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção". Logo, aparentemente, deve haver um camburão da morte mais eficiente, com maior potencial ofensivo, ainda em fase de lançamento. Os testes poderão ocorrer aí perto de sua casa, por isso fique atento. A população bovina observou tudo pianinha: afinal, ninguém tem couro de aço e apenas os policiais estavam armados. Fica a sugestão: armem-se, contra indivíduos e contra o Estado e seus agentes! "Ah, mais aí vai virar um faroeste!", me diz a ovelhazinha. Sim, mas ao menos no velho oeste americano todos tinham chances iguais em matar e morrer. Abraços gasosos e até a próxima!